Nota Pública do Movimento de Ocupação da Reitoria por Dayane Baronia, estudante de Enfermagem da UnB.

Nota Pública do Movimento de Ocupação da Reitoria
por Dayane Baronia, estudante de Enfermagem da UnB.

Terça, 13 de setembro de 2011 às 19:14.

Faculdade Ceilândia FCE – Universidade de Brasília
Os estudantes, com o apoio dos docentes da faculdade de Ceilândia/ UnB, vem por meio desta esclarecer as circunstâncias que levaram à ocupação da reitoria da Universidade de Brasília no dia 13/09/2011.
No ano de 2008, os alunos ingressaram na Faculdade de Ceilândia em cinco cursos, com a promessa de que o prédio definitivo seria inaugurado em 2009. Desde então foram realizadas sucessivas promessas. No corrente ano de 2011, chegamos ao absurdo número de 13 prazos de entrega, com o prédio UED – Unidade de Ensino e Docência- , entregue pela metade para utilização, e um segundo prédio, o UAC – Unidade Acadêmica -, repleto de falhas estruturais e sem previsão de finalização e/ou concerto. O terceiro prédio, MESP – Modulo Esportivo – , está com um atraso de pelo menos três meses, sendo a sua entrega prevista para dia 21 de setembro deste ano.
A FCE possui hoje dez salas no Centro de Ensino Médio 04 da Ceilândia, duas salas emprestadas pela Escola Técnica de Ceilândia que, serão perdidas em março de 2012, 6 laboratórios em estado de improviso, e um total de 1.500 estudantes divididos em sete semestres. A infraestrutura não suporta essa quantidade de alunos, prejudicando a qualidade de ensino e atrasando o fluxo do currículo. Falta segurança no campus provisório, falta assistência estudantil relacionado à moradia e alimentação, falta espaço para até estudar fora de sala de aula além do de convivência.
Os docentes da FCE se sentem prejudicados em suas aulas e compartilham com o sentimento de improviso que convivemos desde o inicio.
Como consequência da expansão sem planejamento e qualidade da Universidade de Brasília, estamos hoje ocupando a reitoria de forma pacífica, cumprindo a nossa promessa de retorno feita no dia 15/06/2011, durante a nossa mobilização, pois não foram cumpridos os acordos realizados. Estamos aqui para lutar pelo direito de ser universitário da UnB, pelo direito de qualidade de ensino, pelo direito de nos formarmos na universidade com que sonhamos. E só nos retiramos quando formos atendidos em nossas reinvindicações de forma Legal e Jurídica, com uma reunião na reitoria com o Reitor da Universidade José Geraldo Júnior, com Secretário de Obras do GDF Otto Guimarães, com Governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz, e com Ministério Público.
Sobre o incidente ocorrido no início do ato, declaramos que foi um acidente devido ao excesso de pessoas em um local pequeno e à grande quantidade de seguranças como forma de repressão, impedindo a passagem dos estudantes.
É engraçado como nosso país funciona. Se não quer saber de nada, é um delinquente, sem prespectivas de futuro. Quando a luta é justamente para a garantia de um futuro melhor, com profissionais bem qualificados, há resistência em receber alunos que reivindicam o que é DIREITO deles. DIREITO conquistado com muito suor e luta. E pra ter um grande final, vem a MANIPULADORA DE MASSAS, REDE GLOBO, com sua hipocrisia dando a noticia de que os alunos é que causam a confusão toda.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s