ATO CONTRA O MACHISMO NA UNIVERSIDADE!

 

Concentração 11:30 na Santos Andrade!
Seguiremos em marcha até a reitoria.*Dia 03/04: Confecção de cartazes no pátio da reitoria! A partir das 14H!

TOD@S PELO FIM DO MACHISMO NAS UNIVERSIDADES!

O Grupo de Gênero da Faculdade de direito da UFPR, juntamente com as demais organizações que assinam este panfleto, vem denunciar os atos de machismo que têm ocorrido nesta Universidade. Durante a Semana do Calouro de 2012, um grupo de alunos distribuiu aos estudantes recém chegados um Manual intitulado “Como cagar em cima dos humanos em 12 lições”. No interior deste Manual, constavam alguns “conselhos” sobre como resolver problemas sentimentais utilizando a legislação brasileira. Afirmaram:
“A garota foi com você ao quarto, prometendo mundos e fundos (principalmente fundos), mas o máximo que você conseguiu foi um beijo: Código Civil, art.233- obrigação de dar: ‘A obrigação de dar coisa certa abrange os acessórios dela embora não mencionados (…).
Ela prometeu e não cumpriu. Disse ‘vamos com calma’: art. 252,§ 1º Código Civil: ‘Não pode o devedor obrigar o credor a receber parte em uma prestação e parte em outra’. Ela vai ter que dar tudo de uma vez!” (p.7)”.

Essas colocações objetificam as mulheres, reservando-as o papel de mera propriedade que pode ser transmitida independentemente de sua vontade e consentimento. Com este tipo de manifestação, reitera-se uma forma de opressão machista que existe na sociedade como um todo. A Universidade, como não está isolada do mundo, reproduz cotidianamente o machismo em algumas de suas estruturas e práticas. Como exemplo, podemos citar alguns fatores como: a abismal diferença na ocupação de cargos de poder – como os cargos de reitor e diretor – entre homens e mulheres; a desigual distribuição de gêneros em cursos universitários, fruto do mito da dicotomia entre as aptidões tipicamente masculinas e femininas; a falta de auxílio às mães estudantes, servidoras e professoras que são restringidas pela inexistência de creches no âmbito da Universidade; os trotes e recepções aos calouros, que além de sempre expor tod@s ao ridículo, atingem principalmente as calouras subjugando-as a seus veteranos; entre outras formas de opressão que se verificam tanto no campo material quanto no campo simbólico.
Diante dessa realidade escrachada e impulsionad@s pelos últimos acontecimentos relatados, convidamos tod@s a manifestarem-se contra o machismo que nos atinge cotidianamente nas universidades! SOMOS DONAS DE NOSSOS CORPOS E VONTADES!

VEJA O PANFLETO DO ATO AQUI:

panfleto ato machismo

 

http://www.facebook.com/PeloFimDoMachismoNaUfpr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s