Nota em resposta à gestão do DCE “Nós vamos invadir sua praia”

Na noite de quinta-feira, 11 de outubro, nós, do Coletivo Quebrando Muros, realizamos a segunda festa no DCE pós-reforma, a 1ª Festa Quebradeira.
As festas só foram liberadas após alguns/as estudantes, selecionados por um “edital” que o DCE lançou, terem feito algumas intervenções artísticas nas paredes do local, das quais uma integrante do Quebrando Muros participou, tendo sido “selecionada” no edital para pintar a parede do palco.
Nós, do Coletivo Quebrando Muros, sempre prezamos pela integridade dos espaços públicos, pois estes espaços nos pertencem também. Nenhum/a integrante do Coletivo, de forma alguma, depredou o DCE, ou outro espaço da Universidade. Atendemos ao pedido da gestão do DCE de cuidar do espaço, porém, ao longo da festa, o andar ficou cheio com a circulação de mais de 400 pessoas e, como somos poucxs, foi impossível monitorar todos os cantos do DCE.
Entendemos também que, por ser um espaço público, um espaço dxs estudantes, intervenções nos espaços que não tenham arte (paredes em branco) devem ser bem-vindas. Mas repudiamos alguém estragar as artes apólogas às lutas dxs estudantes, as artes feitas pelxs próprixs estudantes, nossxs colegas de lutas. Somos, portanto, a favor das artes de ruas, das pichações, desde que estas sejam politizadas e não estraguem a arte do outro, nunca picharíamos “fezes” ou qualquer coisa parecida em lugar algum, muito menos em um espaço público como o 2º andar do DCE, desrespeitando o trabalho e dedicação de um/a companheirx.
Somos um coletivo de Tendência Libertária, não temos líderes nem direção, e se algum membro do Quebrando Muros “avisou” que ia fazer uma intervenção na parede, não foi por ser nenhuma das coisas citadas acima e, como já dissemos, somos à favor das intervençõs nos lugares das paredes que estavam em branco. Nossos ataques políticos, sejam à gestão do DCE, sejam a qualquer outro grupo, se dão, e sempre se darão, nos meios políticos e de forma politizada. E se a gestão, ou outro grupo, deseja nos atacar, que o faça também com argumentos políticos, e não através de acusações carregadas de suposições infundadas, desonestas e absurdas, pois somos um grupo político.
O DCE não é propriedade da gestão “Nós vamos invadir sua praia”, o DCE é dxs estudantes, e se xs estudantes decidem ocupar seu espaço, nós estaremos juntos com eles/as, sempre.
Não apoiamos o estrago à arte dxs companheirxs, mas também não apoiamos a censura. O DCE é um espaço público, não é propriedade privada. Lamentamos a falta de respeito de terceiros para com o trabalho dxs companheirxs, que dedicaram horas de seus dias para pintar o DCE. Porém, somos realistas a ponto de entender que esse tipo de situação viria à acontecer, mais cedo ou mais tarde, visto que as paredes do DCE são, tradicionalmente, o local onde os estudantes que o frequentam podem se manifestar artística e políticamente. A gestão atual do DCE deveria ter previsto isto, não é necessária uma capacidade de abstração muito grande para tal, e se ela quisesse evitar este tipo de acontecimento, seria mais fácil se simplesmente não abrisse o 2º andar. E se não o abrirem nós, estudantes, o abriremos, pois este espaço nos pertence.

“Que a UNIVERSIDADE se pinte de negro, mulato e Camponês. Tanto no que se refere aos estudantes quanto aos professores. Que ela se pinte de Gente. Afinal, a UNIVERSIDADE não é de ninguém é PATRIMÔNIO DO POVO.” (Ernesto Guevara)

Anúncios

1 comentário

  1. As paredes do DCE sempre estiveram cheias de intervenções dos estudantes. Não sei o porquê da bronca. Esperar que as paredes de um Diretório Central dos Estudantes sejam sempre “limpinhas e branquinhas” chega a ser absurdo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s