Mês: outubro 2013

Hoje ato da Frente de Luta pelo Transporte!

Hoje as 14h começa a concentração para a aula pública da FLPT em frente a prefeitura.

Todsxs xs Lutadores/as devem estar presentes! Se desejamos  a anulação dos contratos fraudulentos, a criminalização da quadrilha que administra o transporte de Curitiba e passe livre somente pela força das ruas conquistaremos.

Recapitulando:

Hoje (sexta, 25.10) 14h concentração para ato da FLPT em frente a prefeitura.

Todo apoio a Frente de Luta pelo Transporte!

ato hoje

 

Anúncios

Mutirão na horta comunitária – Vila Torres – 26/10

Mutirão na horta comunitária - Vila Torres - 26/10

A Frente Comunitária do Coletivo Quebrando Muros tem o prazer de convidar todxs a conhecer mais um de seus trabalhos e participar do mutirão de construção da horta na Escola Manoel Ribas.

O grupo de trabalho intitulado de GERMINAL atua na escola há mais de dois anos, contribuindo na manutenção da horta agroecológica escolar e no acompanhamento das turmas (ensino fundamental) em aulas em que a horta tem papel importante no conhecimento sobre a relação entre meio ambiente e sociedade, nas diferenças entre produção convencional e agroecológica, das lutas dos movimentos sociais agrarios, etc.

O quê?
Mutirão na horta agroecológica da Escola Manoel Ribas

Quando?
sábado, 26 de outubro, a partir das 9h.

Onde?
Escola Manoel Ribas, que fica na rua Guabirotuba, 600, no Prado Velho (próximo a PUC).

A luta pelo Passe Livre continua: Vitória na Ocupação!

Após a primeira ocupação da Câmara Municipal de Curitiba, o Coletivo Quebrando Muros vem agradecer todos os lutadores e lutadoras que ocuparam, acamparam e apoiaram as lutas da Frente de Luta Pelo Transporte nos últimos dias.

Não foi fácil para os que dormiram na chuva e no frio e para os que nem dormiram com receio que o aparelho repressor do Estado forçasse uma desocupação, mas mesmo assim valeu a pena. A luta por um transporte público, gratuito e de qualidade dá um passo a frente. Conseguimos fazer com que os vereadores se comprometessem a fazer com que o Projeto de Lei e Decreto propostos pela FLPT seja tramitado com urgência (veja esses documentos em https://quebrandomuros.wordpress.com/2013/10/16/total-apoio-e-solidariedade-aos-ocupados-na-camara-de-vereadores-de-curitiba-coletivo-quebrando-muros/), forçamos para que o prefeito Gustavo Fruet se posicione ao lado da classe oprimida ou da máfia do transporte, e principalmente demos visibilidade à luta pelo transporte na cidade de Curitiba clamando para que o povo venha de novo à rua lutar pelo que lhe é de direito.

Ainda precisamos continuar lutando para que o Passe Livre para estudantes, desempregados e desempregadas aconteça de fato, precisamos continuar lutando para que a tarifa abaixe e se congele em R$2,25 de segunda à sábado e em R$1,00 ao domingo, precisamos continuar lutando para que os contratos fraudulentos sejam cancelados!

Não vamos parar até que o Prefeito Gustavo Fruet entre em negociação com a Frente de Luta Pelo Transporte e atenda nossas exigências!

Próximas ações marcadas

Reunião da Frente de Luta Pelo Transporte – terça (22/10) às 19 horas no Pátio da Reitoria da UFPR.

Ato de rua no Dia Nacional de Luta Pelo Passe Livre – sábado (26/10), concentração às 14 horas em frente à Prefeitura de Curitiba.

Organizamos, pedimos, exigimos, ocupamos e lutamos! A luta não vai parar!

Se o TCE disse que dá, eu quero 2,25 já!

Lutar! Criar! Poder Popular!

Carta da ocupação.

Pela primeira vez na história, a cidade de Curitiba vê a Câmara Municipal ocupada pelo povo!

                Hoje um passo muito importante foi dado na luta pelo passe livre e pela redução da passagem de ônibus em Curitiba. A Câmara Municipal de Curitiba está ocupada pelo movimento de luta pelo transporte público.

Os 30 mil que foram às ruas em junho obrigaram a Câmara Municipal para que fosse criada uma CPI do transporte público. Essa CPI, juntamente com a investigação do Tribunal de Contas do Estado do PR, descobriu diversas irregularidades nos contratos com a URBS. Foi confirmado o que o movimento já sabia: um cartel domina o transporte público, lucrando ilegalmente em cima de nossos direitos. O prefeito Gustavo Fruet vacila e não toma uma posição a favor do povo. Com isso, a Frente de Luta pelo Transporte (FLPT) foi chamada para falar hoje, dia 15 de outubro, como informante na CPI.

Nesta sessão, falamos do histórico do movimento pelo transporte em Curitiba e apresentamos nossas perspectivas e expectativas frente às denúncias feitas pelo TCE e pela própria CPI. Expomos também nossas demandas – a anulação imediata dos contratos vigentes, a redução da tarifa para 2,25 e a implantação do Passe Livre para estudantes e desempregados – e estas foram muito bem recebidas pelos vereadores, que se prontificaram a diligenciá-las. No entanto, sabemos o papel diplomático de “amigos do povo” costumeiramente cumprido pelos parlamentares, fazendo belas promessas que nunca se cumprem.

A CPI demonstrou não fugir à regra do que geralmente acontece na “casa do povo”, produzindo discursos que não anunciavam medidas práticas. Diante dessa clara necessidade da pressão popular para que as coisas avancem, a FLPT decidiu em assembleia democrática aberta e horizontal realizada na própria câmara por iniciar a ocupação.

Reivindicamos com a ocupação que o prefeito Gustavo Fruet se posicione verdadeiramente com relação ao relatório do TCE, deixando claro se está do lado do povo ou do cartel do transporte de Curitiba, e que venha negociar com a FLPT. Exigimos também que o decreto e o projeto de lei apresentados pela Frente seja votado imediatamente na câmara dos vereadores.

Nesse momento a ocupação necessita de solidariedade de todos os movimentos sociais, como moções de apoio, notas, comidas etc. Estamos organizando também um acampamento em frente à câmara para que aumente o apoio e a pressão em cima do prefeito.

A força da luta nos trouxe até aqui. Lutamos nas ruas e chegamos à câmara. Agora na câmara, nossa luta continua! Que essa ocupação reavive o movimento e inspire a luta por todo país, para que assim conquistemos o passe livre nacional e a redução da tarifa.

Assinam essa nota: Frente de Luta Pelo Transporte (FLPT), Coletivo Quebrando Muros, PSOL, PSTU, ANEL, Coletivo Anarquista Luta de Classes (CALC), PCB, USC, CAP (Centro Acadêmico de Psicologia – UFPR), CAFIL (Centro Acadêmico de Filosofia – UFPR), CACS (Centro Acadêmico de Ciências Sociais – UFPR), CAHIS (Centro Acadêmico de História – UFPR), Frente de Esquerda do Direito – UFPR, DANC (Diretório Acadêmico Nilo Cario), PAR, SISMAC, Coletivo Outros Outubros Virão, Grêmio Sagel, Pró-Grêmio Avelino Antonio Vieira, Rompendo Amarras, UJS, UPE, UPES, Somos todos Guarani Kaiowá Curitibatn_600_430_manifestantes_camara2

Total apoio e solidariedade aos ocupados na câmara de vereadores de Curitiba

Imagem

A câmera de vereadores de Curitiba foi ocupada hoje, às 17 horas, pelxs membrxs da Frente de Luta Pelo Transporte. A ocupação tem como objetivo pressionar o prefeito Gustavo Fruet; queremos que ele se posicione favorável ao passe livre estudantil, a redução da tarifa de R$2,70 para R$2,25 e a anulação dos contratos fraudulentos.

Desde junho, a Frente de Luta Pelo Transporte vem construindo uma série de atividades para reduzir o preço e melhorar a qualidade do transporte público de Curitiba e região.
No mês passado, o TCE – Tribunal de Contas do Estado publicou o relatório de um estudo que concluiu que a tarifa do transporte público de Curitiba e região poderia ser R$2,25. Neste relatório, o TCE sugeriu, também, a anulação imediata das licitações das empresas que gerem o transporte público de Curitiba e região.Carta postada, há cerca de 40 minutos, pela Frente de Luta Pelo Transporte, em sua página no facebook:“Nós, ocupantes da câmara municipal organizados em torno da Frente de Luta Pelo Transporte, damos total apoio a manifestação de solidariedade na forma de um acampamento que está sendo montado em frente à câmara, na Praça Eufrásio Correia. Entendemos também que os movimentos sociais e suas manifestações devem ser organizados de forma coletiva e democrática e assim o fizemos desde o início da nossa organização. Deixamos claro aqui também o nosso repúdio a toda forma de repressão e à criminalização dos movimentos sociais. Agradecemos e pedimos que o apoio popular continue crescendo para que nossa luta continue e alcancemos a redução da tarifa, a anulação dos contratos fraudulentos com as empresas de ônibus e o Passe Livre para estudantes e desempregados JÁ!”

E, aqui, o decreto e o projeto de lei que foram protocolados pela Frente de Luta Pelo Transporte junto a câmara de vereadores de Curitiba.
Decreto
Imagem
Projeto
Imagem
Imagem
Para saber mais…
Curta a página da Frente de Luta Pelo Transporte no facebook
Curta a página do Coletivo Quebrando Muros no facebook
O Coletivo Quebrando Muros dá total apoio aos ocupados na câmara de vereadores de Curitiba. Entendemos que esta luta também é nossa! 

Amanhã todxs a câmara! Pela anulação dos contratos já! Por um transporte público de verdade!

No dia de amanhã (15.10.13) a Frente de Luta pelo Transporte terá espaço para defender suas propostas (veja aqui as propostas de decreto e projeto de lei da Frente https://quebrandomuros.wordpress.com/2013/09/26/hoje-e-dia-de-ato-da-frente-de-luta-pelo-transporte/)  na câmara de vereadores, em uma sessão pública da CPI do transportes reivindicada pela Frente em reunião com a presidência da câmara.

É importante que todxs xs lutadores estejam lá na câmara para esta sessão, afinal temos de participar do espaço que reivindicamos. Cabe também estarmos lá para demonstrar que se a CPI acabar em pizza, as ruas continuaram mobilizadas para exigir não só a anulação dos contratos e estatização da URBS, como a criminalização do cartel do transporte e restituição de tudo que esta quadrilha roubou do povo.

Não aceitaremos este roubo institucionalizado que são os contratos e a tarifa do transporte, se Fruet e a câmara de vereadores continuarem a tolerar estes crimes terão de ser considerados cúmplices também.

Então relembrando:

AMANHÃ A PARTIR DAS 13H NA CÂMARA DE VEREADORES CONCENTRAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO NA SESSÃO PÚBLICA DA CPI DO TRANSPORTE!

Veja também:

Retirado de: https://www.facebook.com/events/609593075751358/?ref_dashboard_filter=upcoming

Recentemente a CPI do Transporte e o TCE divulgaram relatórios que comprovam que a tarifa do busão pode baixar para até R2,25, mostrando que a Passagem à R$2,70 é um roubo!
No mês de Setembro, a Frente de Luta pelo Transporte – Curitiba, protocolou na Câmara dos Vereadores uma proposta de Decreto de Lei pedindo a anulação dos contratos do transporte, a redução da tarifa para R$2,25 e a Estatização da URBS e protocolou também uma proposta de Passe Livre para estudantes e desempregados.
Na última quinta, solicitamos que a Câmara abrisse suas portas ao movimento em uma Sessão Pública e fizemos um novo ato de rua reforçando tal pedido. A Câmara cedeu às vozes da rua e na Terça-feira que vem, dia 15, vamos todos juntos mostrar que não cessaremos nossas mobilizações até que nossas reivindicações sejam atendidas!!!

Exigimos que os criminosos do cartel do transporte em Curitiba sejam punidos!
Exigimos a anulação dos contratos fraudulentos!
Exigimos R$2,25 já!

Concentração às 13h em frente à Câmara! Vamos todxs!!!

Atividades Frente de Luta pelo Transporte, a Luta não para!

Esta semana a Frente de Luta pelo Transporte Público de Curitiba tem duas atividades marcadas.

Nesta Quinta (03.10.2013) delegados da frente tem reunião com o Presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba a partir das 14:30. Nesta reunião os delegados da Frente de Luta pelo Transporte pretendem entregar um oficio ao presidente da Câmara, neste solicitam a convocação de uma sessão pública da Câmara de Vereadores de Curitiba, onde possam os membros da Frente de Luta pelo Transporte apresentar e debater junto aos vereadores o projeto de decreto e o projeto de lei elaborados pela Frente e entregues no dia 24.09 (ver em https://quebrandomuros.wordpress.com/2013/09/26/hoje-e-dia-de-ato-da-frente-de-luta-pelo-transporte/).

Na sexta seguimos com os atos de rua, esta semana exigimos a negociação imediata, ou seja, que a câmara abra discussão sobre o decreto e P.L. da Frente.

Ato da Frente de Luta pelo Transporte: Negocia Já! Ato pela redução da tarifa!

Quando: Sexta (04.10.2013)

Onde: Boca Maldita, a partir das 18.

Veja: https://www.facebook.com/events/1395290584034853/?ref_dashboard_filter=upcoming

Se o TCE disse que dá eu quero 2,25 já!

Passe, Passe Livre Já!

Tarifa zero é um direito, transporte não é mercadoria!

ato