Contra a repressão, a organização!

Na madrugada dessa terça-feira vivenciamos um episódio de repressão contra profissionais da educação estadual, acampados em frente à Assembleia Legislativa, por parte do esquadrão de choque. Durante sua ação para remover os caminhões de som, no intuito de enfraquecer o movimento, o Choque nos arrastou e nos agrediu com spray de pimenta. Isso apenas prova qual a sua função: ser o braço armado do Estado!

Esse cenário de repressão vem em um momento onde projetos de lei são votados a toque de caixa pelos congressos federal e estadual. O PL 252, que busca confiscar a previdência dos servidores e o PL 4330, que vem para terceirizar as atividades-fim, são duas expressões de um mesmo momento político. E vimos, nos dois casos, que se esperarmos dos deputados, sejam “amigos ou inimigos”, qualquer projeto que ataque os direitos da classe trabalhadora será aprovado. Não podemos esperar que os governantes garantam nossos direitos.

Nos dias 10 e 12 de fevereiro, quando ocorreu a primeira tentativa de confisco da previdência, ou quando os estudantes e trabalhadores da educação barraram o projeto que visava a “autonomia financeira da universidade”, o que abre margem para a universidade pública cobrar por seus serviços, vimos qual foi o caminho que nos levou a vitória: a ação direta.

Nossa força está na nossa organização!

Às ruas! À luta!

Confira o Vídeo feito na madrugada de hoje – 28/04/2015

Bombas de efeito moral e gás lacrimogênio sendo lançadas contra professores, na manhã de hoje (28/04/2015)

Bombas de efeito moral e gás lacrimogênio sendo lançadas contra professores, na manhã de hoje (28/04/2015)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s