Intercampi UFPR para por falta de pagamento

Hoje os estudantes da UFPR não puderam utilizar o intercampi (ônibus que faz o transporte entre os campi da universidade) devido à falta de pagamento aos motoristas. Segundo alguns trabalhadores, o repasse que deixou de ser feito à empresa que contrata os motoristas terceirizados era de 2 milhões de reais. A situação não tem previsão de ser normalizada, já que o pagamento ainda não foi feito.

8554596251_80329273d6

Cortes já prejudicavam os terceirizados

Essa notícia não desperta surpresa, já que recentemente a UFPR já havia anunciado a demissão de 20% dos funcionários terceirizados. Cerca de 450 trabalhadoras e trabalhadores terceirizados – da limpeza, portaria, segurança, manutenção – serão demitidos nos próximos meses. Após anos de adotar uma política de não abertura de concursos públicos e terceirização de vários serviços da UFPR, a universidade agora demite esses trabalhadores e corta esses serviços. O projeto de terceirização de serviços da universidade falhou miseravelmente. Falhou conosco, estudantes e trabalhadores. Para a reitoria, nem tanto, já que para eles os trabalhadores terceirizados – mais fáceis de demitir do que servidores – são descartáveis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s